javascript:; F Petróleo Infonet: COMO É A VIDA EM UMA PLATAFORMA DE PETRÓLEO

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

COMO É A VIDA EM UMA PLATAFORMA DE PETRÓLEO



Em atenção a muitos leitores, que sempre me perguntam como é a vida numa plataforma de petróleo, vou descrever a seguir, a rotina de trabalho desde o embarque até o desembarque.

Geralmente quando chegamos ao aeroporto, a primeira coisa a que vamos ver é a programação de embarque que o pessoal da logística coloca no mural. Confirmando então o destino (plataforma), o horário, nº do vôo e a companhia aérea, ficamos aguardando a chamada pelo intercon para o check in (pesagem do colaborador, bagagem e vistoria da bagagem). Feito isso, iremos aguardar agora a chamada para o briefing (que é assistir um vídeo falando sobre o tipo de aeronave em que vai viajar e procedimentos em caso de pouso no mar) e depois aguardar a chamada para o embarque.
Chegando na unidade (plataforma), somos encaminhados para a recepção onde iremos receber uma ficha para preenchimento de dados pessoais, assim como um cartão “T” que deverá ser colocado em um escaninho, referente ao seu ponto de reunião (que em caso de sinistro na plataforma deverá se dirigir para lá o mais rápido possível). Neste cartão “T” está escrito também o seu camarote e o leito em que você passará os 14 dias. Além disso temos o briefing de chegada, que irá mostrar, alem da palestra com o Geplat (gerente da plataforma) um vídeo que falará sobre a plataforma e nossos direitos e deveres. Geralmente após isso, um mestre de cabotagem (que cuida dos parlamentos de sobrevivência) irá mostrar a localização dos principais pontos da plataforma que nós devemos conhecer, como: Baleeira, bote de regate, balsa salva-vidas, refeitório, cabine telefônica, cinema, academia, camarote etc.
Depois de tudo isso, agora é hora de “trampar”, acabou a moleza. Dependendo da empresa em que você trabalha, o supervisor ou subordinado irá te dar orientação de como chegar ao local de trabalho e procedimentos. De praxe ele irá fazer um DDS (Diálogo Diário de Segurança, isto é feito todos os dias antes do trabalho). Dependendo do trabalho, o colaborador irá aguardar a PT (Permissão de Trabalho) para iniciar o trabalho, o qual deverá ler com atenção todas as informações contida nela e em caso de divergência falar com quem tirou ou o subordinado.
Na maioria das plataformas e maioria das empresas prestadoras de serviço, o horário de trabalho é de 7 horas da manhã as 7 horas da noite, 7 dias por semana e o horário do almoço é que varia, para não ir muita gente num horário só.
Depois de um dia longo de trabalho, nada melhor agora do que um bom descanso. E agora vai de cada um. Geralmente para quem gosta, primeiro um banho. O macacão ou uniforme sujo do trabalho (dependendo da plataforma) a gente coloca num saco com o nº do camarote em que o colaborador da lavanderia irá recolher mais tarde e colocará assim que tiver limpo no mesmo. O lazer vai de cada um, que pode ser: telefone, internet, academia, sala de jogos, cinema, quadra de esportes, piscina, sauna etc. Para quem é evangélico, tem os dias de cultos também.
As refeições são vários durante o dia e a noite. Pode variar de unidade para unidade, mas geralmente é assim: de 5:30h as 8:00h café da manhã; de 11:00h as 13:00 almoço; de 15:00 as 16:00h lanche (depende da plataforma) de 17:30h as 20:00h janta; de 21:30h as 22:00h lanche; de 23:30 as 01:00h ceia e de 02:30 as 03:00 lanche (os horários pode divergir). Alem disso em quase todas, senão todas as plataformas tem aquela maquininha de café e uma geladeira com sucos, refrigerantes, frutas e iogurtes e biscoitos.
Depois dos longos 14 dias de trabalho já é hora de voltar para nossas casas. Assim como temos que fazer o check in uma hora antes do horário do vôo de embarque para o desembarque é o mesmo procedimento, só que antes de se apresentar na recepção, temos de ir no ponto de reunião e lá pegar o cartão “T” e aguardar o vôo. 
Espero ter conseguido fazer entender a todos de como é a vida de um trabalhador em uma plataforma de petróleo.
Por: Élio Francisco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...